skip to Main Content

POR TRÁS DOS PRATOS

Na nossa cozinha, priorizamos ingredientes de pequenos produtores locais e de agricultura familiar, quase sempre orgânicos, partindo de uma curadoria cuidadosa de produtos da região Sudeste.

Nossas vieiras vem da ilha grande (fazenda marinha vieiras da ilha), nossos peixes e camarões de uma rede de pescadores adeptos da pesca sustentável, feita em mar aberto, prioritariamente na costa fluminense (cabo frio, arraial do cabo, Macaé).
Contamos com a consultoria de um biólogo doutor em biologia marinha, Jonas Leite, que nos orienta sobre os períodos de defeso, as melhores épocas e procedências para a compra consciente dos melhores produtos do mar.

Nossos queijos vêm de pequenos produtores da serra do estado do Rio ou estados vizinhos (cabra: fazenda genève, Capril do Bosque/ ovelha: Quinta da Pena – Monica Jacobsen, Val di Fiemme / vaca: fazenda Santana) e são feitos com leite cru de animais criados soltos e alimentados com pasto. Priorizamos os queijos originalmente brasileiros, não os “tipo”, ou seja, inspirados em queijos internacionais.

Nossos ovos caipiras vêm de Bem Posta, um município distrito de Três Rios, no estado do Rio. São de galinhas caipiras criadas soltas e que se alimentam de grãos, frutas e legumes cultivados no próprio sítio onde vivem. Põem ovos pela grama, dentro do carro do terreno ou em cima a do armário do almoxarifado.

Nossas frutas, legumes, hortaliças e cogumelos são em sua maioria orgânicos e de pequenos produtores locais do estado do Rio, sobretudo do cinturão verde (brotos verdes: orgânicos da Fátima, Alto da Boa Vista; mini alface e folhas verdes: sítio do Moinho, Itaipava; farinha de milho, aipim, abacaxi: quitanda natural, Silva jardim; cogumelos: king funghi, Paty do Alferes; entre outros).

 

 

Nossos cafés vêm de uma pequena torrefação no sul de Minas Gerais chamada Tocaya, que trabalha apenas com grãos arábica criteriosamente selecionados de produtores da região, torrados semanalmente em pequenos lotes. De tempos em tempos, mudamos o que está no moinho. Atualmente, está em cartaz o da variedade catuaó amarelo, cultivado no sítio Armadillo, na serra da canastra, secado naturalmente.

 

Ah, e nossa manteiga é aviação, usada tanto para acompanhar os pães no couvert quanto em qualquer etapa da cozinha.

 

    

BAZZAR – IPANEMA / RJ
Rua Barão da Torre, 538
Telefone: 21 3202-2884 / 99386-8785
Horário de funcionamento
Jantar: quarta a sábado - 17h às 23h

Almoço: quinta a domingo - 12h às 16h (dom até às 18h)

BAZZAR - IPANEMA / RJ
Rua Barão da Torre, 538
Telefone: 21 3202-2884  99386-8785

Horário de funcionamento
quarta a sábado - 12h às 21h
domingo - 12h às 18h

Copyright © 2021 BAZZAR Bar e Restaurante.

Copyright © 2021 BAZZAR Bar e Restaurante. All Rights Reserved
Desenvolvido por Ramosdesign

Back To Top